Tonterías, Baloney, Bêtise, Albernheit…

ImagemSou vento, ventania
Que sopra sem rumo
Sem destino determinado
Sem olhar o que carrega
E levanta pela estrada…
Deixo rastros
De poeira e estragos
Balançando estruturas
Refazendo opiniões
Abalando alicerces
De quem não tem raízes…
Sou tempestade atemporal
Sem ligar para a moral
De quem quer me fazer
Dama ilibada como tantas
De parcas e falsas igual…
Sou sim tsunami
Devastadora em ebulição
Remando contra a maré
Até matar ou morrer
Mas não deixando nunca
A pasmaceira me estagnar…
Sou vendaval que corre atrás
Querendo alcançar
O que quero e desejo
Se vou conseguir…não sei
Mas por certo vou tentar
Enquanto forças eu tiver
Por certo…vou ventar… – Elian VS

Comentários em: "Tempestade atemporal" (2)

  1. […] Reblogged from Abobrinha & Cia: […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: